Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
  SetaSALA DE IMPRENSA FB
 
 
Release
Bookmark and Share      

29/09/2020 - 09:25 - kakoi
Óleo vencido em restaurantes pode ser reciclado corretamente
Óleo vencido em restaurantes pode ser reciclado corretamente - KAKOI

As cozinhas profissionais têm o hábito de estocar seus mantimentos, como o óleo vegetal. ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
A pandemia pegou em cheio restaurantes e bares e o impacto foi tão forte que o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) divulgou, junto com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), um levantamento em maio apontando que 6,7% dos donos de bares e restaurantes encerraram seus negócios permanentemente por causa da crise.

Os estabelecimentos que permaneceram abertos tiveram que se adaptar -  com delivery,  redução do tempo de abertura no horário comercial e diminuição da capacidade de seus salões. Com menos gente saindo para comer fora, o estoque dos restaurantes passou a ser um ponto de atenção, incluindo o óleo vegetal:

“As cozinhas profissionais têm o hábito de estocar seus mantimentos, como o óleo vegetal. Como qualquer outro ingrediente, o óleo tem uma data de validade. Com menos pratos sendo preparados, menos óleo é utilizado e muita coisa acabou passando do prazo de validade e não é mais seguro para frituras” explica Vitor Dalcin,  Diretor Executivo da Ambiental Santos.

O que fazer com o óleo vegetal vencido?
Se o óleo vegetal já é um grande problema na hora do descarte, quando o produto está vencido, este problema é maior ainda. O óleo, nestas condições, traz mais riscos de contaminação ao meio ambiente e até mesmo para a saúde das pessoas. A boa notícia é que, mesmo vencido, o óleo vegetal ainda pode ser reciclado desde que o processo seja realizado por uma empresa que cumpra tudo o que prevê a legislação vigente nos níveis nacional, estadual e municipal:

“O problema de descartar esse óleo vencido uma empresa sem as licenças é que este mesmo material pode ser filtrado e vendido para outros restaurantes por um preço mais barato. Essas empresas ilegais estão circulando em veículos despreparados pelos bairros e fazer o descarte do óleo nestas condições é uma irresponsabilidade para qualquer ângulo que se analise”

Se o óleo venceu, o estabelecimento precisa entrar em contato com uma empresa responsável para fazer o descarte correto, sob o risco do restaurante ser multado caso faça o descarte de outra forma ou com alguma empresa não autorizada: “O melhor é entrar em contato, via internet ou telefone, com quem tem capacidade técnica para destinar o óleo sem problema algum e agendar uma data para a coleta”  finaliza Vitor.

óleo vegetal usado, óleo vegetal, reciclagem de óleo vegetal, ambiental santos, reciclagem de óleo, óleo em cozinha, óleo vencido


Data de inclusão: 29/09/2020
Fone: (41) 97435968
Contato: Aroldo Antonio Glomb Junior
Empresa: kakoi
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Gastronomia][Geral][Saúde ]
Este Release foi visto 56 vezes

 

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
 
 
 
 
 
 
 
 
   
   
       
       
       
 
       
 
Institucional Quem Somos
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook
Linkedin
Twitter
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.