Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
  SetaSALA DE IMPRENSA FB
 
 
Release
Bookmark and Share      

25/08/2020 - 18:54 - ACP Comunicação
Sepaco faz alerta no Dia Nacional de Combate ao Fumo - Dia 29 de agosto
Sepaco faz alerta no Dia Nacional de Combate ao Fumo - Dia 29 de agosto - ACP COMUNICAÇÃO

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera o tabagismo a principal causa evitável de adoecimento e mortes precoces em todo o mundo, e ao longo de mais de 20 anos vem empregando inúmeras medidas para serem adotadas no sentido de conscientizar a po ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera o tabagismo a principal causa evitável de adoecimento e mortes precoces em todo o mundo, e ao longo de mais de 20 anos vem empregando inúmeras medidas para serem adotadas no sentido de conscientizar a população global dos malefícios do cigarro e incentivar os fumantes a abandonarem o vício.

No Brasil, uma recente pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, por meio do Instituto Nacional de Câncer (Inca), mostra que houve uma diminuição de 40% no número de fumantes nos últimos 25 anos. Porém indica que 18,8% da população brasileira com mais de 15 anos é fumante. A prevalência é maior entre as pessoas com menor escolaridade, além de ser maior entre os homens do que entre as mulheres. A Enfermeira Flávia Ceccacci do Núcleo de Promoção à Saúde do Sepaco Autogestão, alerta sobre a importância de abandonar o vício para aumentar a qualidade de vida.

Por entender toda a complexidade de abrir mão de algo que, para o dependente, significa “prazer”, a Promoção à Saúde do Sepaco Autogestão, realiza um trabalho dentro das empresas papeleiras que promovem e orientam atividades para que as pessoas conheçam todos os aspectos negativos do tabaco para si próprio e também para seus familiares (que se tornam fumantes passivos).

A Enfermeira explica ainda que o tabagismo é uma toxicomania caracterizada pela dependência física, psicológica e comportamental do consumo da nicotina. Uma substância bastante poderosa capaz de estimular, deprimir ou perturbar o sistema nervoso central e outras partes do corpo humano, uma vez que chega ao cérebro em apenas 7 segundos, sendo de 2 a 4 segundos mais rápida que a cocaína.

Já se constatou que o tabagismo está diretamente ligado como fator de risco para as doenças como câncer no pulmão, bronquite e enfisema pulmonar. Existem outras doenças graves que podem ter relação com o tabaco e precisam ser tratadas com severidade, tais como o infarto agudo do miocárdio, doenças vasculares – AVE (Acidente Vascular Encefálico) – e diversos tipos de câncer (boca, laringe, esôfago, rim, bexiga e colo de útero).

Durante as atividades, a equipe multidisciplinar da Promoção à Saúde, ainda destaca o risco que o cigarro traz para os fumantes passivos, pois na fumaça do cigarro é possível encontrar uma mistura de cerca de 4.720 componentes químicos, sendo 39 cancerígenos, como o monóxido de carbono, naftalina e o alcatrão. “Aprender a respeitar o próximo pode colaborar para a diminuição de mortes e garantir que cada vez mais pessoas tenham uma vida plena e saudável”, avalia Enfermeira Flávia Ceccacci.

Data de inclusão: 25/08/2020
Fone: (11) 5093-0900
Contato: Soraya Simón
Empresa: ACP Comunicação
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Cidades][Feminino-Masculino][Saúde ]
Este Release foi visto 73 vezes

 

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
 
 
 
 
 
 
 
 
   
   
       
       
       
 
       
 
Institucional Quem Somos
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook
Linkedin
Twitter
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.