Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
  SetaSALA DE IMPRENSA FB
 
 
Release
Bookmark and Share      

06/07/2020 - 10:42 - DOC Press
Brasil recebe exame PCR de nova geração, que viabiliza testagem em massa recomendada pela OMS
Brasil recebe exame PCR de nova geração, que viabiliza testagem em massa recomendada pela OMS - DOC PRESS

O teste molecular, PCR, analisa o swab do nariz e garganta e o resultado tem 100% de precisão ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
O Brasil é um dos primeiros países do mundo a receber o novo teste PCR de detecção da COVID-19 da Seegene, que elimina a etapa de extração, garantindo o resultado em poucas horas e não em até 48 horas, como os testes da geração anterior. O anúncio foi feito por Guilherme Ambar, representante da empresa coreana produtora do teste, que já recebeu o licenciamento da Anvisa. Também a União Europeia licenciou o novo produto.
O teste molecular, PCR, atualmente em uso, analisa o swab do nariz e garganta e o resultado tem 100% de precisão, explica o CEO da Seegene. O problema é que como o material coletado incluiu bactérias, células do organismo, químicos do meio de transporte e mesmo outros vírus, até agora é preciso fazer um procedimento demorado para purificar a amostra, a ‘extração’. Só depois a amostra é testada para identificar a presença do próprio vírus e não dos anticorpos, como os testes rápidos. Essa ‘extração’ só pode ser feita em laboratórios devidamente equipados, que no Brasil são poucos e com capacidade limitada.
Para Guilherme Ambar, “o gargalo da carência de laboratórios, hoje concentrados em poucos Estados, é que está dificultando a testagem em massa recomendada pela OMS”, apesar do Ministério da Saúde ter adquirido só da Seegene Brazil, que o especialista representa, 10 milhões de unidades.
Com o teste de nova geração, Allplex SARS-CoV-2 Assay, é feita uma única reação para se obter o resultado. Ele identifica 4 genes-alvo (RdRP, S e N específicos para o SARS-CoV-2 e E para todos os Sarbecovírus, incluindo SARS-CoV-2), sem necessidade da etapa de extração.
Outras vantagens do novo teste são a capacidade de detectar o vírus mesmo em amostras com baixa carga viral, isto é, de pessoas cujo organismo tem pouco vírus, redução do custo do processamento em quase 50%, do tempo para conseguir o resultado e da possibilidade de ser processado mesmo em pequenos laboratórios.
Dada à urgência da testagem em massa, agora que há risco efetivo de novas ‘ondas’ de contaminação em vários Estados, as equipes dos laboratórios são treinadas e capacitadas in loco para processar os novos testes.
Data de inclusão: 06/07/2020
Fone: (11) 55338781
Contato: José Luchetti
Empresa: DOC Press
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Geral][Negócios-Oportunidades][Saúde ]
Este Release foi visto 65 vezes

 

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
 
 
 
 
 
 
 
 
   
   
       
       
       
 
       
 
Institucional Quem Somos
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook
Linkedin
Twitter
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.