Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

21/12/2017 - 09:31 - C4 Comunicação
PROTESTE e Criança Segura enviam oficio ao Ministério Público pedindo providências referentes ao acidente em Poá
PROTESTE e Criança Segura enviam oficio ao Ministério Público pedindo providências referentes ao acidente em Poá - C4 COMUNICAÇÃO

Associação já havia realizado uma vistoria em parques e praças públicas no ano passado ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
Nesta quarta-feira, 20, a PROTESTE, Associação de consumidores, em conjunto com a organização Criança Segura, enviará ao Ministério Público um oficio pedindo providências referentes ao caso que resultou a morte de uma criança em um parquinho em Poá (SP).

No inicio deste mês, uma menina de nove anos morreu em Poá, depois que a madeira que sustentava um balanço caiu e atingiu sua cabeça enquanto brincava em um parquinho.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, de 2012 a 2015, foram registradas 1.842 internações e 10 mortes de crianças de zero a 14 anos em decorrência de quedas envolvendo playgrounds.

Em outubro do ano passado, a PROTESTE e a Criança Segura realizaram vistorias para avaliar as condições de segurança dos brinquedos de parquinhos de 12 praças e parques públicos do Rio de Janeiro e São Paulo.

Entre os problemas mais comuns encontrados, não só por falta de manutenção, mas por projetos mal formulados foram: falta de proteção em determinados brinquedos que pode gerar queda; partes rotatórias desprotegidas; falta de material no chão para atenuar queda; gangorras e balanços com afrouxamento; brinquedos de plástico quebrados e os de madeira em péssimas condições de uso, além de materiais que esquentam e podem queimar a criança em dias com temperatura mais elevada; equipamentos com partes enferrujadas e mal soldadas, com pontas agudas e afiadas; pintura descolando que pode gerar intoxicação, brinquedos mal projetados que acumulam água.

Em função disto, o Ministério Público do Estado de São Paulo instaurou um inquérito civil para apurar a culpa dos causadores dos resultados da pesquisa.

Para a PROTESTE é lamentável que acidentes como o ocorrido em Poá, que poderia ter sido evitado com uma vistoria prévia, continuem acontecendo.

Ainda que o parque de Poá não esteja na relação de parques avaliados no ano passado, a PROTESTE e a Organização Criança Segura enviarão para o Ministério Público um ofício relatando o caso e pedindo as devidas providências para que acidentes como esse não tornem a se repetir.

Acesse nosso site e confira informações exclusivas sobre Direito do Consumidor: www.proteste.org.br/institucional
Data de inclusão: 21/12/2017
Fone: (11) 0020202020
Contato: Flavia Santana
Empresa: C4 Comunicação
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Defesa do Consumidor][Juvenil]
Este Release foi visto 1677 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.