Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

26/02/2016 - 16:54 - #INCorporativa*
Festival do Sesc Ribeirão resgata cultura paraense
Festival do Sesc Ribeirão resgata cultura paraense - #INCORPORATIVA*


Através do eixo programático Outras Viagens do Turismo Social, Festival da Cultura Paraense acontece entre os dias 5 a 30 de março. A agenda cultural tem como objetivo valorizar a cultura do Norte do Brasil, apresentando elementos que compõem su ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
Ribeirão Preto (SP), 26 de fevereiro de 2016 – Segunda maior unidade federativa do Brasil em território, com mais de 1,2 milhões de km², o Pará é uma terra de muitas surpresas e expressividade cultural autêntica, guardando as origens em respeito aos antepassados. Com o objetivo de valorizar e difundir a cultura do Norte do Brasil, o SESC Ribeirão promove durante os dias 5 a 30 de março o Festival da Cultura Paraense. O evento vai contar com uma extensa programação, trazendo diversos elementos da cultura do Norte do Brasil como a música, gastronomia, literatura e a dança.

A programação inclui atividades gratuitas e pagas e contará com a presença de grandes figuras e ícones da cultura paraense como a cantora e compositora Dona Onete, o fotógrafo Lucas Ohana, o autor literário Iran de Souza, o designer gráfico Sérgio Bastos e muitos outros personagens.
Dentre as atividades gastronômicas destaca-se a degustação da culinária Pai D’égua com o professor Mestre Toni de Souza, que promete trazer o melhor da gastronomia da região, considerada uma das mais “brasileiras” do país. Outras iguarias características, como a castanha do Pará e o chocolate da Ilha do Combu, também poderão ser apreciados no decorrer do festival.

A programação cultural vai reunir shows, café fotográfico, bate papo, exposição, oficinas e contações de histórias, que vão trazer a origem de diferentes lendas da Amazônia.


Confira abaixo a programação completa:
Culinária Pai d´égua
Com Toni de Souza
Dias 5 e 6/3, sábado e domingo, das 10h30 às 12h.
Oficina 2
A gastronomia do Pará tem a cultura indígena como sua maior influência, mas também carrega consigo traços portugueses e africanos. Os elementos encontrados na região Amazônica formam a base de seus pratos. As sobremesas paraenses são ricas em frutas, principalmente vindas da Amazônia, e licores. Com o professor mestre Toni de Souza.
Grátis. 30 vagas. Inscrições pelo emailmatricula@ribeirao.sescsp.org.br ou na Central de Atendimento (na mensagem deverá constar nome completo, RG, telefone e o título da atividade).

Comedoria – Castanha do Brasil
Dias 8 a 13 de março
A castanha-do-pará ou castanha do Brasil é a semente da castanheira-do-pará, uma árvore típica de florestas virgens, como a Floresta Amazônica. É uma das maiores árvores da Amazônia, chegando a atingir entre 30 e 45 metros de altura. De 8 a 13 de março a Castanha do Brasil estará presente no cardápio de nossa comedoria.

Show Feitiço Cabloco – Dona Onete
Dia 11, sexta, às 20h30
Galpão de Eventos
R$ 5,00 / R$ 8,50 / R$ 17,00
400 lugares em pé - 10 anos
A cantora e compositora paraense de 76 anos, nasceu em Cachoeira do Arari. Foi professora de história, secretária de cultura e fundadora de grupos de dança e música regionais. Hoje, ela compõe e canta, nos palcos, as histórias, causos e lendas que, nas salas de aula, durante 25 anos, ela ensinou, mesclando diversas influencias e sonoridades do folclore paraense.

Café fotográfico – Belém e suas belezas
Com Lucas Ohana
Dia 15/3, terça, das 20h às 22h.
Espaço de Tecnologias e Artes
Encontro com o fotógrafo e jornalista Lucas Ohana, fundador e administrador da galeria digital Belém Photos,que atualmente possui mais de 9 mil seguidores no Instagrametem com o objetivo divulgar a cidade de Belém.
Grátis. 30 vagas. Inscrições pelo emailmatricula@ribeirao.sescsp.org.br ou na Central de Atendimento (na mensagem deverá constar nome completo, RG, telefone e o título da atividade).

Bate papo: Belém do Pará e seus 400 anos
Com Michel Pinho
Dia 18/3, sexta, das 20h às 21h30.
Auditório
A capital paraense que completa 400 anos em 2016 desponta como grande roteiro turístico do Brasil, sendo a segunda cidade mais visitada da Amazônia. Proporcionando diversas possibilidades de cultura e lazer tanto em eventos culturais e religiosos de grande repercussão e quanto em pontos turísticos, sendo rica em construções históricas e importantes fortificações, igrejas, parques e museus, tudo isso aliado a uma exuberante natureza.

Grátis. 202 vagas. Inscrições pelo emailmatricula@ribeirao.sescsp.org.br ou na Central de Atendimento (na mensagem deverá constar nome completo, RG, telefone e o título da atividade).

Bate papo literário: Crônica Histórica e Sentimental de Belém
Com Iran de Souza
Dia 10/3, quinta, das 20h às 21h30.
Auditório
Bate papo literário com o autor paraense Iran de Souza que irá apresentar seu livro a ser lançado em 2016. Para o autor trata-se de uma reflexão sobre a cidade à luz da história e de sua experiência pessoal, buscando compreender objetiva e subjetivamente o lugar em que a Amazônia se inaugurou no tempo e no espaço, suas raízes, sua formação, sua cena contemporânea.
Grátis. 202 vagas. Inscrições pelo emailmatricula@ribeirao.sescsp.org.br ou na Central de Atendimento (na mensagem deverá constar nome completo, RG, telefone e o título da atividade).

Belém Tem Disso, um olhar sobre a Amazônia
Com Sérgio Bastos
Dia 12/3, sábado das 10h30 as 12h.
Auditório
O ilustrador e designer gráfico Sérgio Bastos criou a série Belém Tem Disso e com o tema produziu certa de 400 desenhos. Nesse encontro conheceremos seu trabalho falando sobre a visão de um artista sobre uma cidade e seu povo, principalmente sobre o jeito do cidadão, mostrando um pouco de nossa região amazônica.

Grátis. 202 vagas. Inscrições pelo emailmatricula@ribeirao.sescsp.org.br ou na Central de Atendimento (na mensagem deverá constar nome completo, RG, telefone e o título da atividade).
Sabores do Pará – Chocolate da Ilha do Combu
Dia 19/3, sábado, das 10h30 as 12h30.
Oficina 3
Dona Nena, paraense da Ilha do Combu em Belém, é a responsável por produzir no quintal de casa, o chocolate caseiro 100% cacau, que rompeu as fronteiras da ilha e faz sucesso em vários restaurantes nacionais. Ela cresceu vendo seu pai extrair o sustento da família da floresta. Dentre as inúmeras árvores frutíferas, o cacaueiro, sempre foi uma das fontes de renda da família. Bate papo com degustação do chocolate.

Grátis. 30 vagas. Inscrições pelo emailmatricula@ribeirao.sescsp.org.br ou na Central de Atendimento (na mensagem deverá constar nome completo, RG, telefone e o título da atividade).

Intervenção e bate papo com Beth Cheirosinha, a erveira do Ver-o-Peso
Dia 24/3, quinta, das 20h às 22h
Convivência (Acesso livre)
A Feira de Ver-o-Peso, na capital paraense, reúne personagens carismáticos, entre eles destaca-se a erveiraBernadeth Costa, mais conhecida como Beth Cheirosinha, uma autêntica paraense descendente de indígenas e de ex - escravos. É neta e filha de erveiras, de quem herdou o conhecimento tradicional popular sobre as plantas da floresta amazônica.

Contação de histórias – As lendas da Amazônia
As lendas da Amazônia são contos indígenas que fazem parte do folclore da região Amazônica. Uma visão peculiar de como os índios nativos entendiam e explicavam os fenômenos da natureza: rios, sol, lua e as plantas. São lendas surpreendentes que fazem parte do folclore e enriquecem a cultura brasileira.

A lenda do Boto
Dia 6, domingo, às 15h
Quintal. Grátis. (Acesso livre)
Diz à lenda que ao anoitecer o Boto se transforma em um belo rapaz, alto e forte que sai das águas a procura de diversão, festas e uma namorada. Vai a várias festas e dança bastante também. Antes do amanhecer ele tem que voltar para o rio, pois senão transforma-se em boto novamente.

A lenda do Saci Pererê
Dia 13, domingo, às 15h
Quintal. Grátis. (Acesso livre)
Moleque travesso e brincalhão, o Saci-Pererê é um personagem do folclore brasileiro, talvez o mais popular de todos. Esta sempre com um cachimbo, tem uma carapuça vermelha na cabeça e andar, pulando, na única perna que tem. Conta à lenda do Saci-Pererê vive escondido pelas florestas, para assustar os destruidores da natureza.

A lenda do Uirapuru
Dia 20, domingo, às 15h
Quintal. Grátis. (Acesso livre)
História de um jovem guerreiro que se apaixonoupela esposa do grande cacique. Como não poderia se aproximar dela, pediu a Tupã que o transformasse em um pássaro.Tupã transformou - o em um pássaro vermelho telha, que à noite cantava para sua amada.


A lenda do Curupira
Dia 27, domingo, às 15h
Quintal. Grátis. (Acesso livre)
Dizem que ele é um menino de cabelos vermelhos e com os pés virados para trás, para despistar quem quiser segui-lo. Algumas pessoas descrevem o Curupira como um indiozinho montado em um porco selvagem, outros dizem que tem o corpo coberto por pelos. Ele cuida dos animais das florestas, protegendo contra a devastação e a caça de animais.

Viajante Conectado – De Alter do Chão à Ilha de Marajó
Dia 30/1, quarta, das 20h às 22h
Com Cadu de Castro
Espaço de Tecnologias e Artes
O guia de turismo Cadu de Castro irá apresentar dicas e roteiros de como se chegar a Alter do Chão, um vilarejo de Santarém, considerado o “Caribe Amazônico” com suas praias de águas mornas, doces e verde-esmeralda até a Ilha de Marajó, o maior arquipélago flúvio-marítimo do planeta, banhado pelo Oceano Atlântico e pelos rios Amazonas e Tocantins.

Grátis. 30 vagas. Inscrições pelo emailmatricula@ribeirao.sescsp.org.br ou na Central de Atendimento (na mensagem deverá constar nome completo, RG, telefone e o título da atividade).

Sobre o eixo programático Outras Viagens
As ações desenvolvidas dentro do eixo programático Outras Viagens, componente do programa Turismo Social do Sesc SP, respaldam-se sobretudo no princípio norteador da educação para o turismo. O Outras Viagens constitui-se por um conjunto de atividades que não necessitam de deslocamentos espaciais e cujo objetivo maior consiste em abordar uma ampla gama de informações sobre o mundo do turismo e das viagens, proporcionando uma melhor compreensão do ato de viajar, promovendo o acesso a conhecimentos sobre os locais e populações que serão visitados, preparando os viajantes para o melhor usufruto das atividades, assim como dialogar sobre o exercício de viagens já experimentadas.

Sesc Ribeirão Preto
Rua Tibiriçá, 50, Centro
Assessoria de Imprensa
(16) 3977-4487

Atendimento à Imprensa em Fev/2016

Verbo Nostro Comunicação Planejada – (16) 3632-6202 / 3610-8659
Jornalistas responsáveis: Luciana Grili (16) 99152 2707, Valter Jossi Wagner (16) 99152 2700 e Andréa Berzotti (16) 99138 6185
Colaboração: Julio Fonte
Data de inclusão: 26/02/2016
Fone: () 
Contato: Rogerio
Empresa: #INCorporativa*
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Arte-Cultura-Lazer][Cidades][Eventos]
Este Release foi visto 558 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping

 

saibamais

 

Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
egoi
 
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.