Escrever Bem

   
Pautas INCorporativa
FB   SetaRANKING SetaSala de imprensa SetaBusque Assessorias
 
 
Release
Bookmark and Share      

09/08/2012 - 14:14 - #Arquivo INCorporativa*
Café Utam recebe recertificação do selo de qualidade da ABIC
Café Utam recebe recertificação do selo de qualidade da ABIC - #ARQUIVO INCORPORATIVA*


Empresa foi novamente certificada com o selo do Programa de Qualidade do Café da ABIC. Dez produtos foram aprovados após auditoria realizada pela Fundação Vanzolini
 ...

Siga as #pautas no Facebook e Twitter         www.pautas.incorporativa.com.br
Ribeirão Preto (SP) | 09/08/2012 - A Café Utam acaba de receber a recertificação do Programa de Qualidade do Café (PQC). O selo é oferecido pela ABIC (Associação Brasileira da Indústria do Café) às torrefadoras que são aprovadas pela avaliação de qualidade. A auditoria foi realizada pela Fundação Vanzolini nos dias 25 e 26 de julho na matriz (em Ribeirão Preto) e filial (Piumhi) da empresa.

De 500 torrefadoras no Brasil, somente 71 têm a certificação da entidade e a Utam é uma delas, desde o ano de 2006. A companhia conseguiu validar neste ano o selo para os dez produtos que foram inscritos para a avaliação da entidade nacional. Os produtos classificados foram: Utam Tradicional, Utam Extra Forte, Utam Classic a Vácuo, Ribeirão Almofada, Ribeirão a Vácuo, Nilza Almofada, Nilza a Vácuo, Biagini Almofada e Biagini a Vácuo. Já o Utam Espresso Gourmet Grãos recertificou o Selo Gourmet.

A diretora presidenta Ana Carolina Soares de Carvalho ressalta que a empresa tem investido constantemente em inovações tecnológicas e focado na modernização do parque industrial. As iniciativas da Café Utam vão ao encontro das diretrizes do programa de qualidade da ABIC, que tem a proposta de agregar valor e ampliar o consumo a partir da melhoria contínua dos cafés. De acordo com a entidade, este é o único programa de qualidade de café torrado e moído do mundo, sendo que as demais certificações avaliam apenas o café verde.


“Ao todo, a ABIC possui três selos: o Tradicional, o Superior e o Gourmet”, explica a diretora Ana Carolina. Ela ressalta que ter sido aprovada pela certificação nacional garante ainda mais o comprometimento de qualidade com os consumidores da empresa.

Os Selos
Segundo a ABIC, a importância do selo atinge todos os elos da cadeia cafeeira. Para as indústrias, a vantagem está na possibilidade de melhor focar seu negócio, lançando ou reposicionando suas marcas de acordo com o perfil de seus consumidores. Para o varejo, é um diferencial importante poder ofertar cafés certificados e uma garantia no quesito Segurança Alimentar. Para os consumidores, as categorias têm um papel também educativo: fazê-los descobrir que café não é tudo igual, que existem diferenças inclusive entre as marcas produzidas por uma mesma empresa e que existem cafés para todos os gostos e bolsos.

Cada produto escolhido pela torrefadora recebe uma das três categorias de acordo com a nota final da avaliação, numa escala de zero a dez. Na categoria do Selo Tradicional, o café precisa de uma nota mínima de 4,5 pontos. O Selo Superior vai para o produto com nota de 6,0 a 7,2 pontos, e o Selo Gourmet, atribuído ao produto que alcançar nota de 7,3 a 10 pontos.

A pontuação é feita conforme a ficha técnica da ABIC, que verifica tipo de café, aroma, sabor, bebida, corpo, moagem e torração, todos de acordo com . Através desse monitoramento, a empresa busca aperfeiçoar seus níveis de desempenho e atingir pontuações cada vez maiores.

Depois da certificação, os produtos ainda são monitorados continuamente pelo programa num sistema similar ao Selo de Pureza com retiradas periódicas e aleatórias em clientes, e qualquer alteração é comunicada à indústria. A ABIC estima que, futuramente, a distribuição no mercado seja: 10% cafés Gourmet; 25% cafés Superiores; 55% cafés Tradicionais.

Características do Programa de Qualidade

Este programa é voluntário de cada torrefadora e visa informar a qualidade do que está sendo vendido, além de permitir que o consumidor identifique o tipo de grão, torra e moagem utilizado por cada marca. O PQC torna-se um elo de confiança entre a indústria e os consumidores, com a proposta de ofertar produtos cada vez melhores. Com o programa ficam estabelecidos critérios de qualidade da matéria-prima, manutenção de sabor ao longo do tempo, além de boas práticas de fabricação.

São auditados itens como infra-estrutura, boas práticas de fabricação, RH, gestão de qualidade, blendagem, torração, moagem e embalagem do café. O processo de certificação é monitorado por empresas contratadas pela ABIC e enviado constantemente para as empresas participantes.

Além da auditoria interna, há retirada de produtos aleatórias em supermercados pelas empresas contratadas pela ABIC, para certificar de que a qualidade permanece conforme. Após análise do produto retirado com os seus clientes, as empresas recebem o laudo de cada produto.

Este último processo de recertificação da Abic tem validade até o dia 31 de outubro de 2013.


Sobre a Café Utam

A Café Utam S/A possui 43 anos e está no auge de sua modernização. A empresa nasceu em 1969, quando várias torrefações se uniram para formar uma cooperativa denominada União dos Torrefadores da Alta Mogiana. Naquele momento, a estratégia dos fundadores era lançar uma única e forte marca. Assim nasceu o Café Utam.

Através de uma história de sucesso, a empresa sempre teve o objetivo de orientar o caminho da liderança no mercado. Hoje, é uma das companhias de maior know how no segmento café. “Essa performance é estimulada por conta da necessidade de gerar crescimento a este produto nacional, o que garante a força do trabalhador do campo, a solidificação do agronegócio e o desenvolvimento econômico”, destaca a presidente da empresa, Ana Carolina Soares de Carvalho.

Atualmente, o portfolio de produtos da companhia trabalha com nove marcas de cafés torrados e moídos, duas marcas de cafés em grãos torrados, uma marca de café solúvel, duas marcas de cappuccinos, saches personalizados e produtos destinados a foodservice .

A postura da gestão administrativa direcionada pela busca da excelência e profissionalismo também norteou a força da marca UTAM. Tudo isso, rendeu à empresa a 9ª posição no ranking nacional entre as 384 indústrias do setor, conforme última divulgação da Associação Brasileira da Indústria do Café (ABIC), de acordo com o levantamento da entidade divulgado em janeiro de 2012. A empresa também assumiu recentemente o 1º lugar entre companhias paulistas de torrefação de café, com capital 100% nacional.


Atendimento à Imprensa
Verbo Nostro Comunicação Planejada – (16) 3632-6202 / 3610-8659
Jornalistas responsáveis: Luciana Grili (16) 9152 2707, Andréa Berzotti (16) 9138 6185, Valter Jossi Wagner (16) 9152 2700.
Estagiário: Leandro Martins
Data de inclusão: 09/08/2012
Fone: () 
Contato: Rogerio
Empresa: #Arquivo INCorporativa*
Entrar em contato: Entrar em contato
Grupo editorial: [Agronegócios][Cidades][Nacional]
Este Release foi visto 1311 vezes

Assessoria de Imprensa
LOGIN -  Inserir Release
Cadastrar Assessoria
Receber Clipping
 
Clipping para Editores
Cadastrar Midia
Alterar cadastro de Midia
Dieta21Dias
egoi
Sobrancelha Perfeita
Alguns veículos cadastrados no clipping:
midias
 
 
 
 
 
 
  editora  

INCorporativa Comunicação

Publique seu livro - Saiba mais
   
       
       
       
 
       
 
Institucional
Quem Somos
Política Privacidade
Como funciona
 
Nas Redes Sociais  
Facebook Twitter
Linkedin ME Adiciona
 
Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação, à Revista ou Pautas INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.